Bombeiros

EB e CBMDF simulam ataque terrorista no DF


Exército e Corpo de Bombeiros simulam ataque terrorista em estação da Caesb

Os militares simularam em 40 minutos a explosão de 14 cilindros de cloro

Uma simulação de um ataque terrorista à uma estação de tratamento de água da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) foi realizada por 120 militares do Exército e 12 do Corpo de Bombeiros na tarde desta quarta-feira (22/5). O exercício na estação, que fica localizada a um quilômetro do Estádio Nacional Mané Garrincha, foi voltado para a Copa das Confederações e Copa do Mundo.

Na simulação haviam cinco vítimas, duas contaminadas (Breno Fortes/CB/D.A Press)

Vitima sendo retirada do ambiente sinistrado, durante a simulação

Os militares simularam em 40 minutos a explosão de 14 cilindros de cloro – no total, foram 12 toneladas do produto. Os cilindros utilizados foram doados pela Caesb. A operação visava identificar o produto da explosão, isolar a área, resgatar as vítimas, avaliar o estado de contaminação de cada uma, descontaminá-las e encaminhá-las para o hospital. Na simulação, havia cinco vítimas, duas “contaminadas”.

“A Caesb é uma estrutura estratégica, assim como pontos de telecomunicação, transporte, energia e o espaço aéreo. Um ataque a uma estrutura como essa causaria dano à toda população”, afirmou o general Menandro, que coordena as ações de defesa ligadas às Copas.

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) também atuou na operação fornecendo infomações. “A intenção é que os exercícios sejam o realistas”, afirmou Menandro. “Demonstramos com exercícios que a área está protegida.”

Fonte: Correio Braziliense
Print Friendly