Distrito Federal

Presídios do DF recebem equipamento de scanner corporal para revista


Presídios do DF recebem scanners de corpo que vão ajudar na revista

Os equipamentos dispensam revista íntima e proporcionam a visualização das camadas da pele

As pessoas que precisam visitar os quase 12 mil presos no Distrito Federal não vão mais precisar de revista íntima. Serão instalados oito scanners de corpo, entregues nesta segunda-feira (27/5), pelo GDF em parceria com o governo federal.

Adquiridos por cerca de R$ 3.1 milhões – R$ 394 mil cada um -, os aparelhos de alta tecnologia proporcionam a visualização das camadas da pele e de cavidades do corpo humano sem que os visitantes tirem a roupa.

Os scanners parecem elevadores onde as pessoas ficam por um minuto, sem a necessidade de ter contato físico com os agentes penitenciários. A expectativa é de que os aparelhos beneficiem 3,5 mil familiares ou parentes de detentos.

Durante a entrega dos aparelhos, o governador Agnelo Queiroz destacou o fato de Brasília ser a primeira unidade da Federação a ter esse scanner de corpo. “Nossos investimentos vão continuar para que nosso sistema continue sendo referência em todo o país, seja no rigor, na capacidade e na eficiência.”

A compra dos equipamentos foi possível com base em convênio entre o GDF e o governo federal.

 

Fonte: Correio Braziliense

Print Friendly