Política

SERVIDORES DO DETRAN REJEITAM NOME DO NOVO DIRETOR DO ÓRGÃO


Novo diretor do Detran-DF recebeu 50 multas em um mesmo ano

Antônio Fúcio tem, no momento, oito pontos na carteira. Categoria rejeita o nome dele por não ser servidor de carreira.

O novo diretor do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), Antônio Fúcio, cometeu 50 infrações ao volante em um mesmo ano. Todas a multas foram emitidas entre março e outubro de 2006. Ele entrou com um recurso na 2ª Vara de Fazenda Pública do DF pedindo a anulação das notificações, alegando a ilegalidade dos atos administrativos. Porém, a Justiça negou o pedido e mandou executar a sentença. Com isso, ele teria que pagar mais de R$ 6 mil (valor não reajustado).

Atualmente, Fúcio tem oito pontos na carteira de habilitação e uma notificação. A informação foi dada pela assessoria do GDF na manhã deste sábado (3/1), após o governador Rodrigo Rollemberg ser questionado sobre o histórico do novo dirigente. O nome dele para o órgão foi anunciado nesta sexta-feira pelo governador.

Multas diretor Detran

Fúcio teria de pagar mais de R$ 6,3 mil por infrações de trânsito

Rollemberg garantiu a nomeação. Sobre as multas, disse não saber, porém, ressaltou que seu escolhido “será tratado como um cidadão comum”. Ou seja, pagará todas elas. A definição de Fúcio para a direção do Detran-DF foi política e entra na cota do PSDB. Ele é o primeiro-secretário da sigla no DF e foi diretor-geral da Imprensa Nacional.

Insatisfação

Servidores do órgão estão descontentes com a escolha do novo chefe, que deve assumir o cargo na segunda-feira. Fúcio não é servidor de carreira e não tem experiência na área de trânsito, alegam os trabalhadores. Segundo o presidente da Federação Nacional dos Sindicatos dos Detrans, Eider Marcos Almeida, existe uma deliberação da categoria para não aceitar pessoas de fora do órgão.

“A categoria não foi ouvida. Inclusive, foram encaminhados alguns documentos para o Rollemberg”, reclamou. Segundo ele, existe uma pré-disposição para a greve. “O fato de ele ter 50 multas é gravíssimo, pois precisamos de pessoas qualificadas, que entendam os problemas do Detran. Ele tem de dar exemplo”, frisou Almeida.

Fonte: Correio Braziliense

Print Friendly